Friday, 13 July 2018

Passagem bíblica controversa: Efésios 5, 21-25


Partilhem! Obrigado.
Carta Apostólica "Mulieris Dignitatem" de S.João Paulo II :
http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/apost_letters/1988/documents/hf_jp-ii_apl_19880815_mulieris-dignitatem.html

ENCICLICA DE PIO XI "Casti connubii":

26. [A ordem do amor] implica de um lado a superioridade do marido sobre a mulher e os filhos, e de outro a pronta sujeição e obediência da mulher, não pela violência, mas como a recomenda o Apóstolo com estas palavras: “Sujeitem-se as mulheres aos seus maridos como ao Senhor; porque o homem é cabeça da mulher, como Cristo é cabeça da Igreja”. (Ef 5, 22-23).

27. Tal sujeição não nega nem tira à mulher a liberdade a que tem pleno direito, quer pela nobreza da personalidade humana, quer pela missão nobilíssima de esposa, mãe e companheira, nem a obriga a condescender com todos os caprichos do homem, quando não conformes à própria razão ou à dignidade da esposa [...]. Se efetivamente o homem é a cabeça, a mulher é o coração; e, se ele tem o primado do governo, também a ela pode e deve atribuir-se como coisa sua o primado do amor.

28. O grau e o modo desta sujeição da mulher ao marido pode variar segundo a variedade das pessoas, dos lugares a dos tempos; e até, se o homem menosprezar o seu dever, compete à mulher supri-lo na direção da família. Mas em nenhum tempo e lugar é lícito subverter ou  prejudicar a estrutura essencial da própria família e a sua lei firmemente estabelecida por Deus.

29. Da observância desta ordem entre o marido e a mulher já falou com muita sabedoria o nosso predecessor Leão XIII, de feliz memória, na Encíclica [Arcanum, 1880) que já recordamos acerca do Matrimônio Cristão: “O marido é o chefe da família e a cabeça da mulher; e esta, portanto, porque é carne da sua carne e osso dos seus ossos, não deve sujeitar-se a obedecer ao marido como escrava, mas como companheira, isto é, de tal modo que a sujeição que lhe presta não seja destituída de decoro nem de dignidade. Naquele que governa e naquela que obedece, reproduzindo nele a imagem de Cristo e nela a da Igreja, seja, pois, a caridade divina a perpétua reguladora dos seus deveres”.

Friday, 29 June 2018

JUNHO, mês do Orgulho Gay. E o Orgulho Heterosexual?

Partilhem! Obrigado.

CATECISMO DA IGREJA CATOLICA:

§2357 A homossexualidade designa as relações entre homens e mulheres que sentem atração sexual, exclusiva ou predominante, por pessoas do mesmo sexo. A homossexualidade se reveste de formas muito variáveis ao longo dos séculos e das culturas. Sua gênese psíquica continua amplamente inexplicada. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves, a tradição sempre declarou que "os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados". São contrários à lei natural. Fecham o ato sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afetiva e sexual verdadeira. Em caso algum podem ser aprovados.
§2358 Um número não negligenciável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente enraizadas. Esta inclinação objetivamente desordenada constitui, para a maioria, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á para com eles todo sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar a vontade de Deus em sua vida e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar por causa de sua condição.

§2359 As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes de autodomínio, educadoras da liberdade interior, às vezes pelo apoio de uma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem se aproximar, gradual e resolutamente, da perfeição cristã.

Postagens do blog recomendadas:


Depravações nos defiles do Orgulho Gay:

Slogan na T-shirt: "Tanto gay. E depois?"



Blasfemias:

Placa: "Basta de homofobia"

No fundo: "Atos homosexuais sao pecaminosos"
A' frente: homem vestido de Jesus segurando um cartaz dizendo "Nao apoio estes gajos"

Violencia (onde esta' a tolerancia?):


Alguem querendo destruir um cartaz dum cristao

Friday, 22 June 2018

Pode um católico casar com uma pessoa não-católica?

Proximo video: Junho, mês do Orgulho Gay... E que tal Orgulho Heteressexual?

Partilhem! Obrigado.


Saturday, 16 June 2018

Papa diz que aborto é "nazismo feito com luvas brancas"

O Papa Francisco fez neste sábado (16 de Junho, 2018) uma dura crítica ao aborto, chamando a interrupção da gravidez em caso de má-formação do feto de "nazismo de luvas brancas". 
"No século passado, todo mundo se escandalizava com o que os nazistas faziam pela pureza da raça. Hoje fazemos o mesmo com as luvas brancas", disse o argentino Jorge Mario Bergoglio, em referência às mãos dos médicos e profissionais que realizam o aborto. "Está na moda, é normal que, em uma gravidez na qual a criança não está bem ou possui alguma malformação, a primeira oferta ser: vamos tirá-la?'. O homicídio das crianças. Para deixar a vida tranquila, mata-se um inocente", afirmou o Papa, em uma audiência ao Fórum das Famílias no Vaticano.Além do aborto, Francisco falou sobre outros temas relacionados à família moderna, como homossexualidade, infidelidade e "tempo para cuidar dos filhos".
"Dói dizer isso hoje: fala-se sobre famílias diversificadas, de diversos tipos de família. Sim, é verdade que a palavra família é análoga, e existem a família das estrelas, das árvores, dos animais... mas a família imaginada por Deus, homem e mulher, é uma só", pontuou o líder da Igreja Católica.
Segundo ele, a sociedade atual também não pensa mais "na possibilidade de perder tempo" para ficar com os filhos, pois a família não é levada "em consideração". "Para ganhar dinheiro hoje, é preciso ter dois trabalhos", criticou. "Já os jovens têm o problema de que não podem se casar porque não têm emprego", disse. "Brinquem com seus filhos, passem um tempo com eles, sem dizer 'não me atrapalhe'", pediu Francisco.
Sobre a infidelidade e traições entre os casais, o Papa afirmou que uma mulher que "espera o marido infiel voltar" é "santa".
"Tantas mulheres, mas também muitos homens, em silêncio esperando que o marido volte a ser fiel. Essa é a santidade que perdoa tudo porque ama", recomendou. 

O noivado cristão

Proximo video: Pode um catolico casar com um nao-catolico?

Partilhem! Obrigado.
Videos recomendados:
http://pecadorevangelizador.blogspot.com/2016/06/a-pornografia-e-masturbacao.html
http://pecadorevangelizador.blogspot.com/2016/06/minhas-dicas-de-combate-pornografia-e.html
http://pecadorevangelizador.blogspot.com/2018/01/filhos-matrimonio-e-enciclica-humanae.html
http://pecadorevangelizador.blogspot.com/2018/01/planeamento-familiar-natural.html